Blog

Gestão da Convivência

Ata da 10ª Reunião Geral – 09/06/2015

publicado por: Fernando Nascimento em

ATA DA DÉCIMA REUNIÃO DO CONSELHO PARA A REFUNDAÇÃO DO PARQUE DO FLAMENGO REALIZADA EM 09 DE JUNHO DE 2015

 

1. Data, Hora e Local: Aos 9 dias do mês de junho de 2015, às 17 horas, Centro de Convenções do Edifício Argentina, na Praia de Botafogo, nº 228, 2º andar, Rio de Janeiro – RJ.

2. Convocação e Presença: Todos os signatários da presente ata foram convocados previamente pelo Instituto Lotta, via contato telefônico ou correspondência eletrônica. Participaram dessa reunião as senhoras e os senhores Adriana Lins, Andrea de Almeida Rego, André Ferreira Andrade, Arnaud Riquet, Carlos Augusto Junqueira, Cecilia Rabello de Castro Junqueira de Siqueira, Claudio Machado, Eduardo Santos, Fernando Nascimento, Fabio de Jesus Couto, Larissa Mendes, Leandro Alecrim Ribeiro, Leila do Flamengo, Leonardo Motta Campos, Luiz Pizarro, Lydia Cordeiro Jardim, Marcelo Nicolini, Maria Thereza Sombra, Moema Mariani, Monica Dutra Fernandes, Michel Btechs, Naira Motta Campos, Pedro Nogueira dos Santos, Pedro Ney Motta Lima, Polyana Albergarie Woltevs, Sergio Franco, Susanita Freire, Thenard Figueiredo, Thiago Stearns, Tomas Alvim e Uthan de Morais.

3. Mesa: Assumiu a mediação da Mesa o Sr. Fernando Nascimento, tendo sido convidado o Sr. Michel Mancini Btechs para secretariar os trabalhos e preparar a ata da presente reunião.

4. Ordem do dia e Discussões: Esta 10ª reunião geral do grupo foi marcada nas dependências do Edifício Argentina com objetivo de permitir o uso de telão para projetar o resultado de algumas iniciativas conjuntas dos participantes das reuniões, notadamente a disponibilização do site www.parquedoflamengo.com.br, assim como da proposta de Estatuto Social de associação civil para buscar centralizar e organizar os esforços conjuntos da Sociedade Civil para a efetivação do potencial de convivência das pessoas no Parque, seja por meio de um moderno planejamento de recreação pública, seja pela adoção de outras medidas compatíveis com os melhores padrões internacionais de parques com o mesmo porte do Parque do Flamengo. Além disso, a ordem do dia contempla a apresentação do conceito inicial do “Mapa do Parque do Flamengo” pela Sra. Adriana Lins, da Manifesto Design, além de relatório sobre o Power Soccer e os preparativos do evento-teste de foodtruck no Parque. Iniciados os trabalhos, foi feita apresentação por Carlos Augusto (a) sobre (i) a origem da formação e das reuniões para o Conselho para Refundação do Parque do Flamengo; (ii) a capacidade de transformação da sociedade na criação e revitalização de parques; (iii) a necessidade de estruturação de uma governança que permita à Sociedade Civil empoderar-se, participando e colaborando ativamente na consolidação de um plano diretor (master plan) que dê impulso definitivo à revitalização do Parque do Flamengo de forma estruturada; (iv) a estratégia de ocupação do parque por meio do oferecimento de produtos e serviços de qualidade aos frequentadores; (v) a necessidade da sociedade colaborar com as forças de segurança pública para que se fomente o pertencimento da coisa pública, de uso comum do povo, o que representa o oposto da alienação e indiferença; seguindo a ordem do dia, Fernando Nascimento (b) apresentou e inaugurou o site para o Parque do Flamengo, apresentando algumas das funcionalidades, auxiliado pela Polyana, o qual funcionará ligado a um banco de dados que pode ser atualizado e aprimorado pelo administrador do site ou outros colaboradores; na medida em que outras pessoas se voluntariem a colaborar, outras informações poderão ser divulgadas e aprimoradas, tais como eventos, elementos arquitetônicos, mapa do Parque, ou mesmo informações históricas do passado do Parque que vierem a ser reunidas; o conceito do site é que seja colaborativo e orgânico, que possa suprir a necessidade de informações a serem constantemente divulgadas conforme sejam enviadas pelos colaboradores para fins de alimentar o site (com fotos, agendas de eventos, reportagens, etc.), sem prejuízo do canal aberto ao público para a marcação de reuniões e debates na área do Parque, assim como o envio de sugestões e informações cuja publicação poderá ser filtrada pelos administradores; ainda mencionou-se que a ideia não é criar um mural de crítica ou reclamações, mas um fórum para encontro de ideias construtivas a respeito do que pode ser feito para aproveitamento do imenso potencial dessa área de uso comum do povo por pessoas cidadãs e de boa-fé, interessadas em contribuir de verdade com a coletividade, despojando-se de vaidades e outros obstáculos ao entendimento comum; na sequência foi discutido o que seria o próximo passo em termos de desenvolvimento tecnológico para o parque, (c) o projeto de elaboração de um aplicativo a ser utilizado para referir e divulgar locais turísticos que funcione por georreferenciamento, capaz de permitir aos frequentadores do Parque, por meio de aplicativos móveis, maiores informações sobre os objetos do Parque e sua localização geográfica, assim como interação e facilidade no encontro; na sequência, foi feita apresentação pela Sra. Adriana Lins (d) sobre o conceito da comunicação de um “Mapa do Parque do Flamengo” para distribuição em larga escala, divulgando os elementos que o compõem, assim como as atividades que estejam disponíveis; foi discutida a simbologia do movimento “OcupaParque”, a qual foi refletida no “esboço” produzido; foi discutida a semântica e a representatividade do termo “OcupaParque”, o qual planeja-se que seja utilizado de maneira não definitiva, apresentando um chamamento à conscientização; entendeu-se que essa “marca” deve ser revista após consolidação do nome da associação civil que irá aglutinar e catalisar os esforços coletivos do “Conselho para Refundação”, do “OcupaParque”, entre outras iniciativas aderentes aos princípios de conservação, preservação e segurança; na sequência, Pedro e Eduardo Santos apresentaram o (e) andamento dos trabalhos para o evento teste de FoodTrucks, considerando a infraestrutura necessária para sua realização como energia elétrica, estacionamento, banheiros, etc.; foi discutida a promoção de atividades de sustentabilidade e conscientização dos frequentadores durante o evento para que evitem condutas impróprias como o descarte inconsequente de lixo, etc.; na sequência, a convite de Fernando Nascimento foi feita apresentação pela Sra. Mônica Monica Dutra Fernandes (f) sobre a campanha do Rio Power Soccer na Copa Powerchair Libertadores, realizada em Montevidéu, no Uruguai, entre os dias 4 e 7 de junho de 2015; agradecendo a contribuição financeira oferecida por participantes do Conselho para Refundação do Parque do Flamengo, Monica narrou as conquistas e percalços na viagem dos atletas com limitações físicas, na maior parte tetraplégicos, que integram a Associação Brasileira de Futebol em Cadeira de Rodas (ABFC); ainda mencionou outras questões de interesse do time, como acessibilidade e visibilidade no parque; por fim, foi feita breve exposição pelo Carlos Augusto (g) sobre a personalidade jurídica de uma associação civil sem fins lucrativos, com a qualificação de Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP) ou não, apta a ser inscrita no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas ­– CNPJ, assumindo governança e obrigações próprias; foi apresentada a minuta de Estatuto Social proposta pelo advogado, frisando que é ele o único responsável por sua elaboração; registra que trabalhou em fins de semana e feriados em caráter pro bono (sem remuneração) em razão de acreditar na força do grupo formado ao longo desses dez encontros, nos princípios de humanismo adquiridos de seus pais, na escola e na universidade que cursou, assim como no exercício da cidadania, a qual em seu entendimento apenas se efetiva pela participação ativa e colaboração em movimentos comunitários como esse; foram apresentadas algumas cláusulas da minuta de Estatuto Social, a qual será distribuída para leitura e comentários dos interessados em associar-se; o prazo para envio de dúvidas e comentários foi fixado em 30 dias, ou seja, até 10 de julho de 2015.

5. Participantes: Srs. Adriana Lins (Manifesto Design), Andrea de Almeida Rego (IRPH), André Ferreira Andrade (AMA – Glória), Arnaud Riquet (Nautimodelismo), Carlos Augusto Junqueira (advogado morador de Botafogo), Cecilia Rabello de Castro Junqueira de Siqueira (advogada moradora de Botafogo), Claudio Machado (Caminhos do Rio), Eduardo Santos (Ponto Com Arte), Fernando Nascimento (Instituto Lotta), Fabio de Jesus Couto (Secretaria de Esportes do Estado), Larissa Mendes (ONG Casa da Árvore), Leandro Alecrim Ribeiro (FLAMA), Leila do Flamengo (Vereadora); Leonardo Motta Campos (Instituto Lotta), Luiz Pizarro (MAM), Lydia Cordeiro Jardim (Caminhos do Rio), Marcelo Nicolini (Nautimodelismo), Maria Thereza Sombra (AMOV), Michel Mancini Btechs e Thenard Antunes Figueiredo (Souza Cescon Advogados), Moema Mariani (Projeto Resgate História do Parque do Flamengo), Monica Dutra Fernandes (Rio de Janeiro Power Soccer Clube), Naira Motta Campos (Instituto Lotta), Pedro Nogueira dos Santos (Ponto Com Arte), Pedro Ney Motta Lima (Lupa Comunicação), Polyana Albergarie Woltevs (Instituto Lotta), Sergio Franco (arquiteto, gabinete da Vereadora Leila), Susanita Freire (Bonecos em Ação), Tomas Alvim (Arq. Futuro), Thiago Stearns (neto de Lotta Macedo Soares) e Uthan de Morais (Quiosques).

WhatsApp chat Clique para WhatsApp