Clubes Náuticos

São quatro os clubes náuticos que ocupam a orla marítima, no espaço compreendido entre o Museu de Arte Moderna e a Avenida Silvio de Noronha, limites do Parque do Flamengo junto ao Aeroporto Santos Dumont.  O mais antigo, o Santa Luzia, foi fundado em 13 de dezembro de 1896, como Clube de Natação e Regatas, por conta de seus fundadores não terem encontrado, à época, um nome apropriado. Isso só veio a acontecer em 1957, quando uma assembleia resolveu adotar Clube de Natação e Regatas Santa Luzia, nome pelo qual até hoje é conhecido. Logo em seguida, em 21 de abril de 1897, uma assembleia com 21 associados deu vida ao Clube de Regatas Boqueirão do Passeio.

branco_50x50

Saiba Mais


O Club de Regatas Vasco da Gama foi fundado por 62 sócios, em 21 de Agosto de 1898, à Rua da Saúde, nº 293, atual Sacadura Cabral, nº 345, no bairro da Saúde, onde se localizava o Clube Dramático Filhos de Telma. Sua primeira sede funcionou na Ilha das Moças, posteriormente, Praia Formosa e depois, Coronel Pedro Alves. A garagem, vestiário, sala de ginástica e outras dependências ficavam num barracão à Rua do Passeio, nº 18.

Em 1889, de uma divergência interna surge, o C.R. Guanabara. Um ano após, uma outra discordância entre diretores do Vasco acontece e culmina com a criação de mais uma agremiação, o Clube Internacional de Regatas, em 16 de setembro de 1900. Em 1915, o Vasco fundiu-se com o Lusitânia F.C., criando o Departamento de Futebol e tornando-se, então, uma agremiação de terra e mar.

Os quatro clubes estavam instalados na Rua Santa Luzia, na Praia de Santa Luzia. Na década de 1920, com o desmonte do Morro do Castelo, que resultou na criação da Esplanada do Castelo, a Praia de Santa Luzia perdeu parte de sua área. Em 31 de Dezembro de 1929, o Conselho Municipal autoriza o prefeito Prado Junior a ceder, por aforamento perpétuo, aos clubes Boqueirão do Passeio, Vasco da Gama, Natação e Regatas e Internacional de Regatas, os lotes de terrenos aos mesmos clubes arrendados, nos terrenos conquistados ao mar pelo aterro resultante do desmonte do Morro do Castelo.

No início dos anos 1930, com a ampliação do aterro para a construção do Aeroporto Santos Dumont, a praia de Santa Luzia foi definitivamente eliminada e os clubes perderam o acesso ao mar. Em 16 de julho de 1934 o prefeito Pedro Ernesto concedeu, sob foro, aos quatro clubes, as faixas de terrenos na área do Calabouço, à beira-mar, com o total de 6.400 m², divididos em quatro lotes iguais, para neles instalarem suas novas sedes, declarando sem efeito a escritura pública anterior, referente ao arrendamento de terrenos aos referidos clubes. Em 1944, o prefeito Henrique Dodsworth, comunicou que a prefeitura faria a construção das garagens de barcos dos clubes, na área do Calabouço, sem quaisquer ônus para as agremiações.  Em 1954, o Boqueirão e o Vasco, inauguram suas garagens no local.

Em 1966, o governo do estado despejou o Boqueirão e o Santa Luzia de suas sedes na Rua Santa Luzia, para nelas alojar a 3ª Delegacia Distrital. Em 1967, os quatro clubes são desalojados para a construção do Trevo Estudante Edson Luís, parte das obras de urbanização do Aterro do Flamengo. Suas garagens foram demolidas e, como compensação, transferidas para uma área junto ao mar, doada pela União, e instaladas em galpões erguidos pela SURSAN. O Vasco, por já ter sua sede náutica instalada na Lagoa Rodrigo de Freitas, não ocupou a área.

Em 1970, o clube solicitou autorização para a construção de uma sede náutica no Parque do Flamengo, ao lado dos outros três clubes. O antigo Serviço do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, hoje IPHAN negou, em 27 de agosto, através de parecer do arquiteto Lucio Costa, autorização para a construção. O clube insistiu em seu pleito e, em 15 de março de 1982, por pressão política do Secretário de Cultura, o IPHAN se pronunciou através do ofício 61/82, usando os seguintes termos: “tolera” a construção da sede do clube, anteriormente negada, por se achar em área prevista para construção da sede da fundação do Parque do Flamengo no plano tombado. Dessa maneira o clube está, até a presente data, ocupando de maneira nebulosa uma área tombada, pertencente ao Parque do Flamengo.

Obs: os Clubes Náuticos  são o item n° 1 da relação anexa ao Processo n° 748-T-64, de Tombamento do Parque.

Localização: entre o Aeroporto Santos Dumont e o Museu de Arte Moderna, no Parque Brigadeiro Eduardo Gomes.

 

Como Chegar

Esse site é uma iniciativa do Movimento #OCUPAPARQUE mantido pelo Instituto Lotta de Cultura e Recreação.

Aproveite melhor as suas horas de lazer,
vivencie o Parque do Flamengo.

logoocupaparque


Por um parque pra chamar de seu... Participe!

Poste suas fotos do Parque do Flamengo nas redes sociais usando a hashtag #OCUPAPARQUE

Fotos

Referências:

Periódicos

Conselho Municipal – Sessão ordinária. Jornal do Commercio, Rio de Janeiro, 08/01/1930, pag. 9/10

Solucionado o caso dos clubes de Santa Luzia. Gazeta de Notícias, Rio de Janeiro, 30/08/1944, pag. 8

Será uma realidade o Centro Náutico de Santa Luzia. Correio da Manhã, Rio de Janeiro, 11/09/1946, pag. 10

Garagem de Saudosismo. Jornal dos Sports, Rio de Janeiro, 19/10/1952, pag. 8

Inauguração da sede do Boqueirão. Jornal do Sports, Rio de Janeiro, 07/03/1954, pag. 8

61 anos de glórias faz hoje o clube de Natação e Regatas. Jornal dos Sports, Rio de Janeiro, 13/12/1957, pag. 8

Aniversário do Clube de Natação e Regatas Santa Luzia. Diário da Noite, Rio de Janeiro, 12/12/1957, pag. 2

Boqueirão faz regata (hoje) por Brasília. Jornal dos Sports, Rio de Janeiro, 21/04/1960, pag. 4

Clube de Natação e Regatas Santa Luzia. Diário de Notícias, Rio de Janeiro, 19/04/1961, pag. 7

Despejo transforma 2 clubes em cadeia. Jornal dos Sports, Rio de Janeiro, 05/11/1966

Despejados Boqueirão do Passeio e Natação para dar lugar a 3ª. DD. O Jornal, Rio de Janeiro, 05/11/1966, pag.1

De Esportes. O Jornal, Rio de Janeiro, 05/05/1967, pag. 5

Síntese Histórica. Luta Democrática, Rio de Janeiro, 19-20/07/1970, pag. 8

Internacional festeja seu 76º aniversário. Luta Democrática, Rio de Janeiro, 17/09/1976, pag. 4


WhatsApp WhatsApp