Blog

Regulamentação

Novas REGRAS para autorização de “SETTING FOTOGRÁFICO para Turmas de Formandos”.

publicado por: Fernando Nascimento em

Setting Fotográficos de Turmas de Formandos

Nova Regulamentação


Estabelecidas novas regras para Autorizações de “Setting Fotográficos de Turmas de Formandos” emitidas pela Administração do Parque do Flamengo. As novas regras resultam de entendimentos conjuntos com a RIOFILME, que também analisa pedidos desta natureza, e visam ordenar as condições de uso de espaço público sem que hajam prejuízos significativos aos demais usuários do PARQUE. Dessa forma esperamos evitar os danos e transtornos que tais atividades vem causando, quando ocupam áreas, indiscriminadamente, e impedindo e obstruindo o acesso e a fruição dos demais equipamentos do PARQUE, tais como o Monumento Estácio de Sá, o Restaurante ASSADOR RIO’s e na outra extremidade o Monumento aos Pracinhas e o MAM.

As novas normas passarão a valer a partir da próxima 2ª feira, dia 12 de novembro, quando passarão a serem emitidas as Autorizações Oficiais, em caráter experimental, na forma a seguir:

1- Considerando, prioritariamente, o direito à livre fruição dos diversos ambientes e espaços públicos do Parque do Flamengo, Sitio destacado que compõe o acervo municipal da Paisagem Natural e Cultural – RIO PATRIMÔNIO MUNDIAL DA HUMANIDADE / UNESCO – esta autorização tem caráter precário e transitório, no que tange à obstrução excepcional das áreas a serem alocadas para o posicionamento e montagem dos equipamentos e estruturas auxiliares da produção fotográfica em pauta, que por este motivo deverá cumprir o seguinte cronograma para a descarga, montagens, posicionamento das turmas, registros fotográficos, desmontagens e completa remoção do PARQUE, a seguir:

  • Descarga no Parque – 1 hora
  • Montagem – 2 horas
  • Realização da Sessão Fotográfica – 3 horas
  • Desmontagem – 2 horas
  • Remoção do PARQUE – 1 hora

2- Todo e qualquer equipamento envolvido na Produção do Evento Fotográfico, mesmo que auxiliar, deverá estar descrito detalhadamente na Consulta Prévia de Evento, formulário integrante do Sistema Rio Ainda Mais Fácil inclusive os dados fiscais (Razão Social, CPF ou CNPJ, endereço, telefone e e-mail de contato dos prestadores subcontratados, os quais responderão solidariamente com o responsável titular da presente autorização;

3- As áreas do PARQUE, designadas para o posicionamento das estruturas, tais como tendas leves e praticáveis, cujo perímetro envoltório máximo é de 5,00m x 5,00m, deverão estar posicionadas como definidas nas plantas do PARQUE, em anexo;

4- As Instalações Sanitárias do Parque deverão ser complementadas por no mínimo 2 Sanitários Químicos, destinado, com exclusividade, ao público do evento, a ser providenciado previamente pelo Titular Solicitante, instalado em local próximo a ser indicado por esta Administração;

5- Não será permitido o acesso de Veículos ao Interior do PARQUE, Ciclovias ou Vias de Pedestres, estando estas destinadas, unicamente, à utilização de Veículos Identificados de Serviços dos Órgãos e Concessionárias de Públicos e Viaturas Policiais a Serviço da OPERAÇÃO ATERRO PRESENTE;

6- Os locais deverão ser mantidos limpos durante todo o período do SETTING, inclusive ao término, com a remoção dos eventuais detritos para os conteiners apropriados da COMLURB;

7- Não é permitido a utilização de Churrasqueira, nem de qualquer outro equipamento elétrico ligados a rede do PARQUE;

8- É vedada a fixação de cordas, arames ou demais objetos às árvores, cuja integridade é essencial ao PARQUE, sendo a desobediência falta grave;

9- A não observância a quaisquer dos itens acima poderá resultar no cancelamento da presente autorização com a imediata interrupção do Evento, a critério exclusivo da Administração do PARQUE que, dependendo dos danos causados ao seu funcionamento habitual e regulamentar, o Titular poderá ser vedado à obtenção de futuras autorizações;

10- A utilização de equipamentos portáteis de amplificação de som à bateria deverá observar os limites de volume sonoro de modo a não criar incômodos aos demais usuários das áreas adjacentes. Em caso de reclamação, a fiscalização poderá vedar a sua utilização no PARQUE;

11- O requerente, durante a realização da sessão fotográfica, deverá portar as autorizações pertinentes, a saber, da Superintendência da área, da ADM DO PARQUE e da Distribuidora de Filmes S/A – RioFilme, e quaisquer outra entidade cabível;

12- Não será tolerada a permanência de quaisquer equipamentos ou estruturas auxiliares no PARQUE, após a conclusão do EVENTO EM PAUTA, estando os mesmos passíveis de serem apreendidos pela ADM DO PARQUE, com vistas à defesa superveniente da Paisagem do RIO;

13- O horário regulamentar para a realização das atividades, aqui consideradas como sendo meramente funcionais ao registro da conclusão e diplomação acadêmica, portanto sem fins lucrativos, envolvendo pequenos grupos de no máximo 150 formandos, é das 07:00 às 17:00 h.

ADM DO PARQUE DO FLAMENGO
LEILA DO FLAMENGO
PAULO NASCIMENTO

Serão designadas mais áreas em MAPAS a serem publicados na próxima semana, a saber:

1- Orla entre o Restaurante do Parque e a Estação Fitness, próxima à que conta do atual MAPA;

2- Escadaria do Monumento dos Pracinhas (Exame conjunto com e a expressa Autorização da Direção do Monumento a ser contactada diretamente pelos interessados);

3- Escadaria junto aos Jardins Suspensos, entre o Monumento aos Pracinhas e o MAM;

4- Orla junto ao Bosque das Palmeiras Imperiais.

OBS.: Nas áreas externas de Domínio do MAM as Autorizações deverão ser, obrigatoriamente, dadas pela ADMINISTRAÇÃO DO MAM, tendo em vista que o MUSEU mantém agenda própria de Exposições e Instalações sob o Pilotis Coberto ou nas áreas livres e descobertas de entorno, mas que são do Uso Exclusivo do MAM.

branco_50x50

Saiba mais sobre o espaço
Parque do Flamengo

branco_50x50

Aproveite melhor as suas horas de lazer,
vivencie o Parque do Flamengo.

Por um parque pra chamar de seu…
Participe!

branco_50x50

Poste suas fotos nas redes sociais usando a hashtag #OCUPAPARQUE
e no Facebook faça check-in em Parque do Flamengo

branco_50x50

Você Sabia?

Ninho de Livros: reproduzindo conhecimentos no Parque do Flamengo.

publicado por: Fernando Nascimento em

Ninho de Livros

ler faz bem


Agora o Parque do Flamengo também tem os seus Ninhos de Livros. Eles foram instalados no Recreio Infantil Lotta Macedo Soares (Parque das Crianças) e no Recreio Infantil do Morro da Viúva (Carmem Miranda).

O Ninho de Livro é um projeto de incentivo a leitura e ocupação de espaços de nossa cidade.

Para isso são instaladas casinhas, como as de passarinho, por postes, praças, parques e escolas. O objetivo desses espaços é que o público possa trocar livros de maneira simples e rápida. Funciona mais ou menos assim:

1. Você abre a casinha
2. Escolhe o livro
3. Coloca outro livro
4. Boa leitura.

Simples, rápido e colaborativo 🙂

O Ninho de livro é uma iniciativa da Satrápia, uma agência de benfeitorias para cidades.

Boa leitura!

branco_50x50

Saiba mais sobre o espaço
Recreio Infantil Lotta Macedo Soares

branco_50x50

Aproveite melhor as suas horas de lazer,
vivencie o Parque do Flamengo.

Por um parque pra chamar de seu…
Participe!

branco_50x50

Poste as fotos desse evento nas redes sociais usando a hashtag #OCUPAPARQUE
e no Facebook faça check-in em Parque do Flamengo

branco_50x50

[masterslider id=”32″]

Regulamentação

Normas para o uso do Parque do Flamengo. Respeite!

publicado por: Fernando Nascimento em

Parque do Flamengo

normas para o uso


A Lei Municipal nº 4.237, de 17 de novembro de 2005, estabelece as normas para o uso do Parque do Flamengo. De autoria da vereadora Leila do Flamengo, a lei relaciona em seu artigo 2º as seguintes proibições de uso no interior do Parque:

I – arrancar ou danificar plantas, ou parte delas, ou qualquer placa de sinalização e/ou
identificação;
II – escrever, gravar, pintar palavras ou figuras de qualquer natureza nas árvores, arbustos, mobiliários e monumentos no interior do Parque;
III – subir em árvores, arbustos, cercas e monumentos;
IV – tomar banho e lavar roupas e louças nas bicas de água;
V – capturar, matar ou maltratar qualquer animal silvestre ou exótico encontrado no interior do Parque;
VI – fazer fogo com materiais de qualquer espécie;
VII – fazer churrasco na areia da praia e no interior do Parque, nas áreas que não forem demarcadas;
VIII – lançar resíduos sólidos fora dos coletores existentes para tal;
IX – colocar velas acesas para oferendas no interior do Parque;
X – jogar futebol na grama e frescobol nas áreas não demarcadas;
XI – andar de bicicleta na pista junto à praia;
XII – entrar e permanecer com cães sem uso de coleira e guia, conforme o disposto na Lei Municipal nº 2.574, de 30 de setembro de 1997;
XIII – adestrar animais domésticos, ou não, no interior do Parque, salvo com autorização da Prefeitura;
XIV – o acesso portando fogos de artifício e/ou armas de fogo;
XV – trânsito de veículos sem a prévia autorização escrita da Prefeitura afixada no para-brisa.

Após 1645 dias de tramitação na Câmara Municipal, o Projeto Lei 235-A/2001, foi promulgado pelo Presidente da Câmara Municipal do Rio de Janeiro nos termos do art. 79, § 7º, da Lei Orgânica do Município do Rio de Janeiro, de 5 de abril de 1990.

branco_50x50

Saiba mais sobre o Parque do Flamengo
Tombo Paisagístico

branco_50x50

Aproveite melhor as suas horas de lazer,
vivencie o Parque do Flamengo.

Por um parque pra chamar de seu…
Participe!

branco_50x50

Poste suas fotos nas redes sociais usando a hashtag #OCUPAPARQUE
e no Facebook faça check-in em Parque do Flamengo

branco_50x50

[masterslider id=”3″]

Área de Piquenique

Recreio Infantil tem mais espaço para as Crianças. O Pátio Ensaibrado está voltando para a recreação.

publicado por: Fernando Nascimento em

Recreio Infantil tem mais espaço para as Crianças

Brincar com Segurança

 

A busca por SEGURANÇA aliada ao CONFORTO para todos os frequentadores do Recreio Infantil Lotta Macedo Soares (CIDADE DAS CRIANÇAS), sobretudo para o público infantil, norteou a determinação conjunta do Superintendente da Zona Sul Marcelo Maywald, do Inspetor Isnailde da 9ª Inspetoria da Guarda Municipal e do Comandante da Operação Aterro Presente Major Peres, na adoção de uma nova configuração para a ocupação interna do PÁTIO ENSAIBRADO, que desde ontem, sábado dia 10 de junho, passa a reservar inteiramente LIVRE DE CARROS, cerca de metade da sua área, agora dedicada a receber, com exclusividade, atividades culturais lúdicas de recreação.

Vencida a fase crítica da violência urbana nas áreas e arredores do Parque do Flamengo, pela ação sempre PRESENTE e diligente dos responsáveis pelo novo Sistema de Segurança de Proximidade, torna-se possível o retorno gradual à normalidade das atividades deste magnífico equipamento da Cidade do RIO.

Que o ESPIRITO alegre, festivo e receptivo possa, progressivamente, retornar à vida dos Cariocas.

Por Paulo Nascimento
Administração do Parque do Flamengo

branco_50x50

Saiba mais sobre o Elemento Arquitetônico
Recreio Infantil Lotta Macedo Soares

branco_50x50

Aproveite melhor as suas horas de lazer,
vivencie o Parque do Flamengo.

logoocupaparque

Por um parque pra chamar de seu…
Participe!

branco_50x50

Você Sabia?

Inaugurada a galeria de cintura da Marina da Glória

publicado por: Claudio Machado em

branco_50x50

Sementes II 089

branco_50x50

Após sucessivos atrasos, finalmente, foi inaugurada a galeria de cintura da Marina da Glória. Projetada para captar os lançamentos clandestinos de esgoto nas quatro galerias de águas pluviais que deságuam na marina, a obra, inaugurada pela Cedae no dia 15/04, custou R$ 14 milhões e estava prometida desde 2011. A tecnologia aplicada na obra é de origem alemã. Um equipamento conhecido como “tatuzinho”, uma versão menor, porém, semelhante ao shield utilizado nas obras do metrô, perfurou o subsolo sem a necessidade de interrupções no trânsito. A partir de agora, o esgoto despejado em tempo seco na rede de águas pluviais da região, será captado e encaminhado para a elevatória da marina.

A galeria tem duas redes coletoras em uma extensão total de 630 metros e diâmetro de 300 e 600 milímetros. Com capacidade de bombear até 450 litros de efluentes por segundo, a elevatória envia o esgoto para o Interceptor Oceânico, de onde este segue para o Emissário Submarino de Ipanema. A conclusão da obra livrará a Baía de Guanabara, raia de competição esportiva e palco das provas de vela das Olimpíadas Rio 2016, de receber um considerável volume de esgoto não tratado, o que contribuirá sensivelmente para a queda do nível de poluição de suas águas.

Segundo matéria publicada na edição de 28/05 do jornal O Globo, o último boletim de balneabilidade divulgado pelo Instituto Estadual do Ambiente (Inea), em medição realizada no dia 23/05, diz que a Praia do Flamengo está própria para o banho. A aferição foi realizada junto à foz do Rio Carioca e em frente à Rua Correa Dutra. Para o biólogo e ambientalista Mário Moscatelli, é possível que isso possa estar ocorrendo devido à inauguração da galeria de cintura da Marina da Glória. No ano passado a Praia do Flamengo ficou quase 100% do tempo imprópria para o banho.

Apesar dessa boa notícia, muitas das promessas de nossas autoridades em relação aos problemas causados pela poluição, não foram cumpridas. O tão alardeado legado que os jogos olímpicos deixariam para a despoluição da Baía de Guanabara, não vai ser entregue. A meta de tratamento de 80% do esgoto lançado em suas águas não saiu do papel. A praia de Botafogo continua a receber esgoto não tratado, proveniente do rio Berquó, que desagua em sua enseada. A mesma situação vivida pela praia da Urca, vítima de esgoto proveniente de ligações clandestinas na rede de águas pluviais. As lagoas da Barra da Tijuca morrem lentamente, asfixiadas pela poluição causada pelo esgoto e lixo provenientes dos rios da baixada de Jacarepaguá que nelas deságuam. Soma-se a tudo isso, a falta de saneamento e de coleta de lixo nos 15 Municípios que circundam a baía e nela despejam esses dejetos. Mais uma vez, as esperadas obras ambientais que solucionariam definitivamente esses problemas, ficaram pelo caminho. Eram somente, as tão conhecidas e tão normalmente descumpridas, promessas políticas.

branco_50x50

Aproveite melhor as suas horas de lazer,
vivencie o Parque do Flamengo.

logoocupaparque

Por um parque pra chamar de seu…
Participe!

branco_50x50

 WP_20160525_12_56_24_Pro

 

50 anos

Entrega da Medalha Chiquinha Gonzaga

publicado por: Claudio Machado em

branco_50x50

Em cerimônia realizada na Cinemateca do MAM, no dia 17 de outubro de 2015, parte dos eventos em comemoração aos 50 anos do Parque do Flamengo, a presidente do Instituto Lotta, Monica Stearns Morse, filha adotiva de Mary Morse, Elizabeth Bishop e de Carlota de Macedo Soares, recebeu a Medalha Chiquinha Gonzaga, in memoriam, a Lotta de Macedo Soares, das mãos da Vereadora Leila do Flamengo, autora do requerimento à Câmara Municipal.

A Medalha de reconhecimento Chiquinha Gonzaga foi criada pelo Projeto de Resolução 14/1999, da Câmara Municipal do Rio de Janeiro, e é conferida à personalidades femininas que, reconhecidamente, tenham se destacado em prol das causas democráticas, humanitárias, artísticas e culturais, no âmbito da União, Estados e Municípios.

Prestigiaram à cerimônia Ethel Bauzer Medeiros, responsável pelo projeto de recreação do parque e integrante do Grupo de Trabalho comandado por Lotta, o engenheiro Walter Pinto Costa, superintendente da SURSAN e construtor da Praia de Botafogo e Fernando Murta, presidente da Associação de Amigos do Parque do Flamengo, além do público de amantes e frequentadores do parque.

branco_50x50

NiverPark 285

NiverPark 230

NiverPark 257

NiverPark 276

NiverPark 264

NiverPark 282

NiverPark 283

NiverPark 250

50 anos Bastidores

Aniversário do Parque – Bastidores

publicado por: Claudio Machado em

branco_50x50

O Movimento #OCUPAPARQUE promoveu nessa quarta-feira (23/09), no Núcleo de Educação e Arte do Museu de Arte Moderna – MAM, reunião para discussão da agenda de atividades culturais e esportivas a serem realizadas no dia 17 de outubro de 2015, parte dos festejos de comemoração dos 50 anos do Parque do Flamengo.

Na ocasião foram acertados os detalhes para a recepção às crianças e adolescentes vindas das UPPs Santa Marta e Cerro-Corá, trazidas pelo 2º Batalhão da Polícia Militar, localizado em Botafogo, e as crianças, adolescentes, adultos e idosos atendidos pelo Projeto Circulando, da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social da Prefeitura do Rio de Janeiro.

Estiveram presentes à reunião Luiz Pizzaro, coordenador do Núcleo de Educação e Arte do MAM; o Ten. Cel. Carlos Henrique e as Soldados Suelen e Priscila Crespo, representantes do 2º Batalhão da Polícia Militar; Márcia Barros, Raíssa Rocha e Ana Gavinho, representantes da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social; Claudio Machado, da Associação Caminhos do Rio; e Fernando Nascimento,  Polyana Albergaria e Naira Motta, do Instituto Lotta.  

branco_50x50

Saiba mais sobre o Parque do Flamengo

parquedoflamengo_2015_0 

branco_50x50

Aproveite melhor as suas horas de lazer,
vivencie o
Parque do Flamengo.

logoocupaparque

Por um parque pra chamar de seu…
Participe!

branco_50x50

1-Reunião MAM 055

1-Reunião MAM 057

1-Reunião MAM 0541-Reunião MAM 060

Arte e Cultura

Um Domingo Mágico no replantio das palmeiras Talipot.

publicado por: Claudio Machado em

Os setenta anos da UNESCO foram comemorados domingo (30/08), no Parque do Flamengo, dentro do evento “Talipot como Mensagem de Amor”, parte integrante da Marcha Mundial dos Bonecos pela Paz, coordenada pela UNIMA, com uma apresentação exuberante da Companhia Folclórica do Rio (UFRJ), no Teatro de Fantoches e Marionetes Carlos Werneck. O grupo apresentou um espetáculo divertido e colorido, explorando a riqueza e a diversidade do folclore brasileiro.

Do imenso público que lotou o Teatro, faziam parte dois grupos de crianças das UPPs do Cerro-Corá e Santa Marta, trazidas pelo Cel. Marcio Rocha, comandante do 2º Batalhão da Polícia Militar, e sua equipe. Ao fim do espetáculo o público, em um cortejo capitaneado pela Companhia Folclórica do Rio, caminhou pelo Parque até o local estabelecido para o plantio de mudas da palmeira Corypha umbraculifera (Talipot). Um total de oito mudas foram plantadas pelas crianças que ficaram com a expectativa de poder vê-las florescer, o que acontece uma única vez, daqui a mais ou menos cinquenta anos, período de vida dessa espécie de palmeira, nativa do sul da Índia e do Sri Lanka.

Estiveram presentes à solenidade, além do Cel. Rocha e equipe; a Vereadora Leila do Flamengo e equipe; o Administrador da IV Região Administrativa, Marcelo Maywald e equipe; e o Presidente da FLAMA – Associação de Moradores e Amigos do Flamengo, Leandro Alecrim.

1-Canoagem 149

1-Canoagem 183

1-Canoagem 174

1-Canoagem 162

1-Canoagem 235

1-Canoagem 216

1-Canoagem 164

1-Canoagem 230

1-Canoagem 224

1-Canoagem 238

1-Canoagem 223

1-Canoagem 246

1-Canoagem 249

1-Canoagem 254

1-Canoagem 255

1-Canoagem 260

1-Canoagem 270

1-Canoagem 275

1-Canoagem 286

1-Canoagem 264

1-Canoagem 292

1-Canoagem 295

1-Canoagem 301

1-Canoagem 304

1-Canoagem 297

1-Canoagem 313

1-Canoagem 319

talipotcomomensagemdeamor_12

Modelismo

Nautimodelismo do Parque do Flamengo dá show na Babilônia Feira Hype

publicado por: Fernando Nascimento em

NAUTIMODELISMO NA BABILÔNIA FEIRA HYPE

A nova diretoria da Associação Carioca de Nautimodelismo, usuários do Tanque do Parque do Flamengo e signatários do Movimento Recreativo #OCUPAPARQUE, objetivando a divulgação e captação de novos adeptos para o hobby, firmou contrato com o Instituto Brasileiro de Cultura Moda e Design, para apresentações durante a Babilônia Feira Hype realizada nos dias 27 e 28 de junho, na Barra da Tijuca.

4 - IMG-20150627-WA00082

Navegando pela Hype

A demonstração de Nautimobilismo contou com miniaturas de barcos a motor, guiados por controle remoto, nos lagos da praça. Depois de ver como funcionavam, as crianças puderam se divertir e guiar os barquinhos por conta própria. Muito bacana!

O evento que movimentou, nos dois dias, cerca de 20 mil pessoas, certamente contribuiu muito para a divulgação da prática de nautimodelismo, chamando a atenção dos frequentadores para os benefícios do hobby que trás consigo conhecimentos implícitos de engenharia, história, sociologia e arte. 

A Associação Carioca de Nautimodelismo, o Instituto Lotta e o Movimento Recreativo #OCUPAPARQUE lutam em conjunto, pleiteando junto a iniciativa privada e aos órgãos públicos, a imediata recuperação do Tanque de Modelismo Naval, item n° 27 da relação anexa ao Processo n° 748-T-64, de Tombamento do Parque do Flamengo, único do Rio de Janeiro para a prática desse esporte recreativo. Sem ele a cidade fica fora do circuito nacional e internacional do Nautimodelismo.

Há quase dez anos, a única água que o tanque de nautimodelismo acumula é a da chuva, em poças. As marcações de futebol nas laterais indicam que o espaço não tem sido usado para o fim ao qual se destina.

Tanque de Nautimodelismo do Parque do Flamengo

Arnaud Riquet, Sergio Schoucair e Marcelo Nicolini integrantes da nova diretoria da Associação Carioca de Nautimodelismo – Foto: Felipe Hanower